ACRio participa de reunião com ministro da Justiça

144

Em reunião com o Ministro da Justiça, Osmar Serraglio, a Associação Comercial do Rio de Janeiro, juntamente com o deputado Hugo Leal; a Fetranscarga; a NTC&Logística; a Firjan; o Sindicarga; Correios; Polícia Rodoviária Federal; e a Polícia Civil do Rio de Janeiro; pediu medidas que visem a redução do Roubo de Cargas no Rio de Janeiro. Ações em conjunto das polícias, aumento do efetivo da PRF, além da aprovação dos Projetos de Lei referentes a cassação do CNPJ, CPF e CNH do receptador de cargas roubadas, foram alguns dos pedidos dos representantes das instituições diretamente feitas ao ministro.

Segundo os dados de um estudo sobre o impacto econômico do roubo de cargas no Brasil, divulgado pelo Sistema Firjan , o roubo de cargas causou um prejuízo de mais de R$ 6,1 bilhões em todo o Brasil, de 2011 a 2016. Foram 97.786 ocorrências desse tipo no país neste período. Em 2016, foram 4.056 casos acima do registrado em 2015. O crescimento foi puxado por Rio de Janeiro com 2.637 registros e São Paulo com 1.453 casos a mais que no ano anterior. Juntos, esses estados representam 87,8% dos registros de 2016.

reuniao ministro transportes
O Ministro da Justiça, Osmar Serraglio, recebeu o deputado Hugo Leal, o presidente do Conselho Empresarial de Logística e Transporte da ACRio e da Fetranscarga,Eduardo Rebuzzi; o presidente da NTC&Logística, José Hélio; os representantes da Firjan, Luciana de Sá e Riley Rodrigues; além de outras instituições; para discutir medidas que visem a redução do Roubo de Cargas no Rio de Janeiro