ACRio recebe Fórum da Alerj para debater a Zis-L

413

A reunião da Câmara Setorial de Infraestrutura e Logística, órgão da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) debateu, no dia 25, a implementação da Zona Internacional de Serviços Logísticos (Zis-L). Com o objetivo de tornar o Estado fluminense em um hub global no setor produtivo nacional, o projeto está sendo apresentado ao Fórum Permanente para ser levado aos deputados que ainda não tem conhecimento sobre o programa.

IMG_2332
A ACRio recebeu lideranças e especialistas da área de logística e transporte para debater sobre o futuro do estado no setor

O encontro realizado na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRio), ente do Fórum de Desenvolvimento Estratégico, recebeu lideranças e especialistas da área como o presidente da ACRio, Paulo Protasio; o subsecretário estadual de Transportes, Delmo Pinho; o presidente do Conselho Empresarial de Logística e Transportes da ACRio e presidente da Fetranscarga, Eduardo Rebuzzi; e a subdiretora do Fórum de Desenvolvimento do Rio, Geiza Rocha.

De acordo com o presidente da ACRio, Paulo Protasio, o Rio de Janeiro, deve se transformar, após as Olimpíadas, em uma Zona Internacional de Serviços Logísticos (Zis-L). “A implantação da Zis-L deve ser um dos legados olímpicos que a classe produtiva tanto anseia, e a ACRio, toma a iniciativa de implementá-la”, afirma Protasio.

A Zis-L será responsável por dar excelência à infraestrutura logística já existente entre o Rio de Janeiro e Minas Gerais e o Centro-Oeste brasileiro, com o objetivo de tornar o Estado fluminense em um hub global no setor produtivo nacional.

Conheça mais a Zis-L, clicando aqui.