Dicas de leitura ACRio

297
 A música vinha da sala…

 

A obra se desenvolve em capítulos sequenciais da vida da autora. Desde o início, no interior paulista, revela as aflições da juventude, relacionadas ao amor, à família e ao futuro. Segue, com fluidez marcante, pelas etapas do tempo, que amadurecem o ser. Nesse percurso, revela sua saga na Amazônia, as experiências no exterior e as frequentes mudanças de domicílio, sempre em benefício da família. As reminiscências, enfim, são de todos e de qualquer um de nós. Modesto, Márcia.

 Divagações

 

Divagações é uma coletânea de escritos que versam sobre os mais diferentes assuntos: matéria filosófica, sociológica, histórica, esportiva, jurídica e até “rimas”, como o Autor prefere chamar alguns de seus trabalhos. Condorcet Rezende iniciou sua carreira de advogado, em 1958, trabalhando com o renomado e saudoso tributarista Gilberto de Ulhôa Canto, com o qual fundou, em fevereiro de 1959, o escritório Ulhôa Canto, Rezende e Guerra Avogados, do qual é hoje o senior partner. Além de contribuir com pareceres, estudos e artigos para revistas especializadas em direito tributário e para obras sobre a mesma especialidade, publicou, em edição limitada, Andanças e caminhadas, também uma coletânea de trabalhos. Rezende, Condorcet.

COMPARTILHE