Dicas de leitura da ACRio

240

A biblioteca da ACRio possui um banco de dados com mais de 6 mil volumes documentais catalogados. Inúmeros títulos integram seu acervo. Obras raras como a Biografia do Barão de Mauá; a Coleção de Leis do Brasil; a Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil de 1889/1891; O Comércio, suas profissões e imagens (1500/1946) entre muitas outras.

Materiais para consulta externa são disponibilizados apenas aos vinculados à ACRio, tais como funcionários e associados. Para consulta interna, a biblioteca é aberta ao público. As consultas das obras devem ser agendadas com antecedência por telefone ou e-mail.

As dicas da semana são livros do renomado autor Augusto Cury.

Manual dos jovens estressados, mas muito inteligentes!

O novo livro de Augusto Cury, Manual dos jovens estressados, não é um manual comum. Ele não quer ensinar aquilo que nenhum jovem sabe, não quer falar de assuntos tabus, como sexo ou drogas, mas sim bater um papo franco e aberto com o leitor sobre o que pensa, sobre seus medos, seus sonhos. O que está neste livro, um animado diálogo entre o Dr. Cury e o enlouquecido professor Estresse, é o dia a dia do jovem, aquelas situações pelas quais todos nós, ou pelo menos algum dos nossos amigos já passaram alguma vez na vida. Ao contar essas histórias, Cury procura não só ajudar os jovens a enfrentar seus desafios, como também mostrar que devem estar preparados para fracassos e vitórias que nem sempre virão exatamente como planejamos. (CURY, Augusto).

Treinando a emoção para ser feliz: nunca a auto-estima foi tão cultivada no solo da vida!

Apesar do constante crescimento da indústria de lazer – como, por exemplo, a TV, a internet, os esportes, a moda, o turismo – o homem nunca foi tão triste e sujeito a tantas doenças psíquicas. Ele está preso no cárcere da emoção. Mesmo aqueles que têm tantos motivos para serem alegres estão insatisfeitos. Estamos adoecendo coletivamente, e os reflexos estão no mundo moderno, que a cada dia se parece mais com uma fábrica de estresse. Os piores inimigos do homem estão dentro dele. As idéias negativas, as preocupações com a existência, a paranóia da estética têm assaltado a emoção humana e roubado a tranqüilidade e o encanto pela vida.Em ‘Treinando a Emoção para ser Feliz’, Augusto Cury ensina uma série de técnicas e procedimentos para treinar a sua emoção para contemplar o belo, proteger-se das tensões sociais, superar seus conflitos e amar intensamente a vida. (CURY, Augusto).

COMPARTILHE